16/07/06

Mais do mesmo

Mais do mesmo no PSD de Lisboa.
Mudar, e ficar na mesma.

Mau pela amostra da social-democracia à escala do País.
Mau pelo que representa do que se passa hoje em todos os outros partidos.

Triunfo pandémico do politicamente correcto sobre a afirmação das rupturas.

"Ainda veremos dias engraçados".
Até ao momento ansiado do despertar deste País.

2 comentários:

fernanda disse...

ai Pedro e isso será quando? não há possibilidade de umas concepções in vitro, acompanhadas de uma pílula de rápido crescimento com escolha cuidada de genes?... porque este PSD... ao fim deste tempo, continuamos à espera de quê?

é que isto de filosofias sem contra-argumentos... já cansa. dura há tanto tempo que sinto que parei algures no passado e que apenas tenho os tempos glórios dos valores em que podíamos acreditar. é a inércia da igualdade, como um regime que parece não ter fim pela falta de homens crentes. foi só um desabafo a propósito do pouco que é muito, afinal! sinto que estamos dormentes há tempo demasiado.

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP » »