28/03/07

Páscoa

Pois é..., a Páscoa...

Está aí...

Pois...

Parece que já foi festa de boas-vindas à Primavera fecunda (o ovo germinante, o coelhito lascivo, ...).
Parece que já foi celebração mística da morte e ressurreição de Cristo (...e para que fique em acta, eu sou assumidamente cristão).

Hoje, é uma solene quadra de enfarda de chocolate e açúcar. De arranjar uns dias para fugir à cidade. E só.

Não que eu tenha alguma coisa contra dar no chocolate ou contra ir desopilar para fora.
Apenas acho que somos cada vez mais uns tristes.

À força de nos despirmos do simbolismos, de sacudir conotações e de exorcizar outros fantasmas cujo pânico adivinhávamos atrofiarem a nossa pacata vida a três dimensões, vêmo-nos reduzidos a isto.
Burocratas indistintos de um calendário sem Estações.

...Mas há uma coisa de que gosto muito na Páscoa: não andar feito maluco a comprar prendas como no Natal!

5 comentários:

papidamati disse...

Sim amigo ... tens razão ...
É bom não sentir a obrigação de comprar ... Se bem que para quem tem putos ... uns ovinhos de chocolate ... lhes sabem sempre bem!
Depois é só escovar os dentitos... e já está! aquele abraço!

EU disse...

Felizes de nós, uns poucos que ainda vivem a páscoa como ela devia ser... o som da sineta que anuncia a chegada da cruz... as entradas enfeitadas... e há uns mais sortudos que outros, cuja ocasião é usada para fortalecer os laços da comunidade, e sim, não nego a importancia de adoçar a boca com um par de amendoas, de preferencia das de chocolate ;)))

Joaquim Sobral Gil disse...

É singelo mas sentido: uma Santa Páscoa.

Núncio disse...

Em época de perdão, um abraço de compaixão.
Santa Páscoa!

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis commander
http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis acheter
http://prezzocialisgenericoit.net/ prezzo cialis 5 mg
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis generico